terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Os 10 Mandamentos - O Filme, foi um grande fracasso, mas Record tenta negar

Quando anunciaram que Os Dez Mandamentos, uma das maiores novelas de todos os tempos, ia virar filme, os ingressos se esgotaram rapidamente, foram cerca de 590 mil ingressos vendidos na estreia, para se ter uma ideia de comparação Velozes e Furiosos 7 vendeu "apenas" 543 mil. Além disso 3,2 milhões de entradas foram comercializadas na pré-venda. A trama foi exibida em 1100 salas diferentes. Mas então como esse filme foi um dos maiores fracassos da história? Bom, na verdade, foram diversos motivos.

A trama dirigida por Alexandre Avancini foi altamente criticada por diferentes razões, entre elas: a interminável sessão de trailers de longas em produção que  precede o filme em si, interpretação ruim, diálogos ruins, irregularidades na trama e principalmente o fato do filme ser apenas uma espécie de resumo confuso da novela, afinal eles tentaram juntar 176 capítulos de 40 minutos cada em um só filme, claro que tudo ficou confuso, o Folha Uol descreveu o filme como um "Êxodo desossado: uma série de episódios que se acumulam sem nenhum interesse dramático, sem um fotograma de invenção.", disseram até que o filme deveria se chamar "Os Dez Mandamentos - O Pesadelo" já outra critica do Uol Entretenimento, escrita por Roberto Sadvoski disse que "Como cinema, porém, Os Dez Mandamentos é um desastre absoluto... A montagem segue histérica de ponta a ponta, com nenhuma cena tendo chance de respirar antes de mais um corte abrupto.".

E as criticas não param por ai, os internautas também deram suas opiniões sobre o filme, comentários como "Filme lixooooooooo, assisti e tinham 10 pessoas sendo que Duas saíram porque não aguentaram até o final" e "Sei que vou chocar muita gente. Mas verdade seja dita esse FILME OS DEZ MANDAMENTOS, nada me acrescentou..... E não venha me dizer que isso é uma obra de Deus porque não é. na verdade Deus passou bem longe disso...." podem ser encontrados no site AdoroCinema.
Mas o que mais surpreendeu todo mundo, foi a noticia de  que quase ninguém teria ido assistir a estréia do filme. Confira algumas imagens postadas nos sites e divulgadas nas redes sociais.



Segundo o BlastingNews no CinemMark "As salas ficaram praticamente vazias. Na sala dois, cuja capacidade é de 230 pessoas, haviam somente 75. Na sessão de 12:45hs que é na sala 3, a maior de todas, já não havia ingresso para mais ninguém, todos foram vendidos com antecedência. Todavia, dos 353 lugares disponíveis, pouco mais de 100 acentos foram ocupados."
Mas o que aconteceu com todas aquelas pessoas que compraram os ingressos? Simples, eles não compraram. 
Segundo vários sites e portais de noticias, quem realmente comprou os ingressos foram os pastores da Igreja Universal do Reino de Deus, que incentivaram a ida aos cinemas, e também teriam pedido aos fiéis mais abastados que comprassem ingressos extras para doar aos que tinham menor condição financeira. Em outro caso, uma rede de cinemas de Recife (PE) revelou que um único homem, ligado à denominação do bispo Edir Macedo, havia comprado, por telefone, em torno de 22 mil ingressos, ao custo total de R$ 220 mil.
Claro que a noticia do grande fracasso se espalhou rapidamente na internet, levando a Record Filmes, produtora do longa, e a Paris Filmes, distribuidora do filme, a divulgarem um comunicado conjunto:
"A Record e a Paris Filmes fazem questão de esclarecer ao público e à imprensa como a matéria ‘Os Dez Mandamentos’ estreia com lugares vagos em sessões esgotadas", veiculada hoje pelo UOL – Universo Online, denigre de forma preconceituosa e mal-intencionada a audiência efetiva do filme. Segundo a gerência do cinema visitado na matéria, o Boulevard Tatuapé, a reportagem do portal entrou em uma sala que não fazia parte da pré-venda, e sim com ingressos vendidos hoje de forma avulsa, na qual os espectadores ainda entravam quando foi tirada a foto".
Além do comunicado o Facebook oficial da novela passou a postar imagens dizendo que havia "Uma Multidão Assistindo".

Mas mesmo que as salas estivessem cheias, as críticas ainda mostram que o filme não foi tudo aquilo que esperavam. E contra elas, nem a Record e nem a Paris se pronunciaram.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...