sexta-feira, 15 de abril de 2016

Por que eles querem limitar sua internet e como você pode ferrar com eles?

Se você usa a internet regularmente você já deve ter visto essa noticia em outros sites, mas caso você ainda não saiba, a Net, a Vivo e a Oi decidiram ferrar de vez com tudo:






É isso mesmo que você leu, as três empresas querem regular sua internet pelo volume de dados e não pela velocidade. Se você não é um completo idiota você percebeu que isso é uma péssima idéia, mas fica pior, se você violar o limite  de dados eles vão deixar sua internet lenta e você não mais poderá assistir vídeos de alta resolução no Youtube, usar serviços de streaming ou atualizar jogos eletrônicos. E se vários membros da família utilizarem a internet, cada aparelho conectado também reduzira a franquia.
Mas porque eles estão fazendo isso? Além do dinheiro envolvido, existe outro grande problema que eles querem resolver, e esse problema se chama Netflix.

Caso você não tenha percebido, a Net, a Claro e a Oi são donas de redes de TV por assinatura, e graças a Netflix essas mesmas empresas estão perdendo alguns clientes e dinheiro no processo. Eles então querem reduzir sua internet, o que vai indiretamente (ou bem diretamente) reduzir sua Netflix. Mas o que você pode fazer?
Bom, se você prestar atenção no Facebook dessas empresas você vai ver que elas nunca foram de ligar para a opinião pública:




Como eles usam respostas automáticas eles não tem de lidar com os consumidores e fazem eles parecerem idiotas falando com a parede.
A desculpa da Net é que segundo a Anatel - Agência Nacional de Telecomunicações, eles não estão quebrando nenhuma lei, o que tecnicamente é verdade, mas...
A Proteste - Associação Brasileira de Defesa do Consumidor resolveu tomar o outro lado dessa briga e disse que é ilegal sim a mudança iniciada pelas operadoras Oi, Vivo e Net. Inclusive, a Associação diz já ter uma ação civil pública em trâmite na Justiça contra as principais operadoras do Brasil, para impedir que as empresas limitem o acesso do consumidor à internet por meio de uma franquia. E eles não foram os únicos a tomar o problemas em suas mãos.
O Movimento Internet Sem Limites também participa dessa briga, e se você ainda não entendeu o quão prejudicial essa mudança é, aqui vai algumas informações extras.






A decisão e a mudança vão afetar a todos, empresas, gamers, famílias e mais. E agora vem a grande pergunta: "Como eu posso ferrar com eles?". 
Primeiro não é só porque eles não te respondem que você não pode reclamar. Acesse o Facebook deles e deixe sua opinião, eles tem de saber qual a sua opinião sobre isso.
O Twitter também é outra ótima ferramenta para expor sua opinião:
Vivo - twitter.com/vivoempresas
Sugiro que não mande e-mails para as empresas porque outras pessoas com problemas diferentes podem necessitar de uma resposta séria, e se todos mandarem suas reclamações essas pessoas podem ser prejudicadas.
Sua outra opção é assinar o abaixo assinado contra essas empresas. Um abaixo assinado pode não parecer muito, afinal eles tendem a não funcionar, mas um abaixo-assinado com 1 milhão de pessoas não pode ser completamente ignorado, ainda mais porque o deputado federal João Henrique Caldas, o JHC (PSB) quer criar uma Frente Parlamentar pela Internet Sem Limites. É ai que o abaixo assinado pode fazer a diferença, então não perca tempo e deixe seu nome lá.
Clique aqui e mostre que você não vai se ferrar calado. E não deixe de mostrar seu apoio ao grupo Internet Sem Limites nessa página aqui: www.facebook.com/mislbr.
Vale lembrar que segundo o Marco Civil da Internet uma companhia de telecomunicações só pode impedir o acesso de um cliente à internet se este deixar de pagar a conta, o que não é o caso aqui.
Então pare de choramingar e comece a reclamar...bem na cara deles. 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...